INDICADORES DE RENTABILIDADE COMO FERRAMENTA DE SINALIZAÇÃO: A LUZ DA TEORIA DA SINALIZAÇÃO

Josiane Crisostomo de Carvalho, Lívia Mara Gabriel Leal, Mayara Bispo Vernek, Suellen de Oliveira Alves, Renan Ferreira da Silva

Resumo


Este estudo tem como objetivo investigar se a divulgação voluntária da rentabilidade do ativo impacta como sinalização ao mercado nas empresas listadas na B3 no período de 2013 a 2016. Para testar a hipótese de pesquisa, utilizou-se regressão com dados em painel, a fim de verificar o impacto da rentabilidade do ativo no valor de mercado das companhias. Como resultado, verifica-se a relação direta entre a divulgação voluntária da rentabilidade do ativo e o aumento de seu valor de mercado. Essa relação fundamenta-se na percepção de que, quanto mais informações claras e fidedignas da realidade organizacional forem voluntariamente divulgadas, mais se reduzem os riscos aos seus usuários e interessados, sinalizando sua verdadeira posição financeira, podendo assim captar mais investidores e elevar seu valor de mercado. Nesse ponto, a teoria da sinalização surge para reduzir as informações assimétricas e por meio da divulgação voluntária, sinalizar ao mercado os índices de rentabilidade, informações que auxiliam os gestores, investidores, fornecedores, clientes, empregados, governo e a população em geral na tomada de decisões.

Palavras-chave


Assimetria da Informação, Divulgação Voluntária, Teoria da Sinalização.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. C., &SALGUEIRO, F. S. A Divulgação Voluntária de Informação. Lisboa: X Congresso de Contabilidade, 2004.

ALVES, Maria Teresa Venâncio Dores; GRAÇA, Mônica Lopes. Divulgação de informação sobre o risco de mercado: um caso de empresas do PSI201. Revista Universo Contábil, ISSN 1809-3337, FURB, Blumenau, v. 9, n. 3, p. 163-184, jul./set., 2013.

ANDRADE, Maria Margarida de. Como preparar trabalhos para cursos de pós-graduação: noções práticas. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2002.

ANTUNES, M. A.; PROCIANOY, J. L. Os efeitos das decisões de investimento das empresas sobre o preço de suas ações no mercado de capitais. Rausp, São Paulo, v. 38, n. 1, p. 5-14, jan./mar. 2003.

ASSAF NETO, A.; LIMA, G. Curso de Administração Financeira. São Paulo: Atlas, 2009.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2010.

AVELINO, B. C. Características explicativas do nível de disclosure voluntário de Municípios no Estado de Minas Gerais: uma abordagem sob a ótica da Teoria da Divulgação, Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 2013.

BRUNI, A. L.; FAMÁ, R. As decisões de investimentos. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2012.

COSTA, L. G. T. A.; LIMEIRA, A.F.F.; GONÇALVES, H.M.; CARVALHO, U.T. Análise econômico-financeira de empresas. 3. ed. Rio de Janeiro: GFV, 2011.

DALMÁCIO, F. Z. Mecanismos de governança e acurácia das previsões dos analistas do mercado brasileiro: uma análise sob a perspectiva da Teoria da Sinalização. Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2009.

DANTAS, J. A., ZENDERSKY, H. C.&NIYAMA, J. K. A dualidade entre os benefícios do disclosure e a relutância das organizações em aumentar o grau de evidenciação. Anais do Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Curitiba, Paraná, Brasil, 2004.

DIAS FILHO, J. M. A linguagem utilizada na evidenciação contábil: uma análise de sua compreensibilidade à luz da teoria da comunicação. Caderno de Estudos, 13(24), 38-49, 2000.

DIAS FILHO, J. M. &NAKAGAWA, M. Análise do processo da comunicação contábil: uma contribuição para a solução de problemas semânticos, utilizando conceitos da teoria da comunicação. Revista Contabilidade & Finanças, 15 (26), 42-57, 2001.

FALCINI, P. Avaliação Econômica de Empresas: técnica e prática. São Paulo: Atlas, 1995.

FAMÁ, R.; LUCCHESI, E. P. O impacto das decisões de investimento das empresas no valor de mercado das ações negociadas na Bovespa no período de 1996 a 2003. In: ENCONTRO DAASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 29., 2005, Brasília. Anais... Brasília (DF): Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Administração, 2005. 1 CD-ROM.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Record, 1997.

HENDRIKSEN, E. B. & Breda, M. F. V. Teoria da contabilidade. São Paulo: Atlas, 1999.

IUDÍCIBUS, S. Teoria da contabilidade. São Paulo: Atlas, 1997.

IUDÍCIBUS, S. Análise de balanços. São Paulo: Atlas, 2007.

JANISZEWSKI, V.; CARRASCO, L. A.; JUNIOR, L. A. F.; LAGIOIA, U. C. T, OLIVEIRA, M. F. J. Relação da Teoria da Sinalização com o desempenho das empresas a partir dos seus indicadores de performance de divulgação voluntária. Curitiba, v.9, n.2, p.93-108, mai./ago. 2017.

KLANN, R. C.; BEUREN, I. M. Características de empresas que influenciam o seu disclosure voluntário de indicadores de desempenho BBR - Brazilian Business Review, vol. 8, núm. 2, abril-junio, pp. 96-118, 2011.

LIMA, G. A. S. F. Utilização da teoria da divulgação para avaliação da relação do nível de disclosure com o custo da dívida das empresas. Tese de Doutorado, Universidade Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2007.

LUCA, M. M. M.; GÓIS, A. D.; COSTA. J. A.; MAIA, A. J. R. Reputação Coorporativa e Criação de Riqueza nas empresas listadas na BM&FBOVESPA. Revista Ciência da Administração, n. 42, p. 51-63, agosto 2015.

LYRA, R. L. W. C.; OLINQUEVICH, J. L. Análise do conteúdo informacional dos investimentos em ativos imobilizados: um estudo de evento em empresas negociadas na Bovespa. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 3, n. 2, p. 39-53, maio/ago. 2007.

MARCELINO, A. P. F. et al. O impacto das decisões de investimento das empresas sobre o valor de mercado de suas ações. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 29., 2005, Brasília. Anais... Brasília: Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2005. 1 CD-ROM.

MOTA, A. F.; COELHO A. C. D.; QUEIROZ, L. L. “Teoria da Informação” e Teoria da Contabilidade: Contribuição para tratamento da informação contábil. CEARÁ-CE, 2014.

MURCIA, F. D. R., &DOS SANTOS, A. Fatores determinantes do nível de disclosure voluntário das companhias abertas no Brasil. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), 3(2), 72-95, 2009.

MUSSI, L. H. C. M. Teoria da Sinalização: Impacto de Programas de Recompra de Ações em companhias listadas Brasileiras. 2014

OLIVEIRA, J. F. R.; JUNIOR, D. B. C. V.; PONTE, V. M. R.; DOMINGOS, S. R. M.; Indicadores de desempenho e valor de mercado: Uma análise nas empresas listadas na Bovespa. Natal-RN, v.9, n.2, p. 240-258, jul./dez 2017.

PEREIRA, C. C., FRAGOSO, A. R. &RIBEIRO FILHO, J. F. Comunicação em contabilidade: estudo comparativo do nível de percepção de usuários da informação contábil em Florianópolis (SC) e Recife (PE) sobre a utilidade das representações gráficas no processo de evidenciação. Anais do Congresso USP de Contabilidade e Controladoria, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2004.

PINHEIRO, L. V. R. Informação - esse obscuro objeto da Ciência da Informação. Revista Eletrônica em Ciências Humanas, 2(4). 2004.

VIEIRA, E. S.; PINHO, C.; LEITE, S. Reação do Mercado ao Anúncio de Dividendos: Evidência em países Europeus. Estudos do Isca, v. 4, n. 5, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Josiane Crisostomo de Carvalho, Lívia Mara Gabriel Leal, Mayara Bispo Vernek, Suellen de Oliveira Alves, Renan Ferreira da Silva

Revista Cientifica da Faccaci

ISSN 2594-6455